Nas últimas décadas, embalagens plásticas de todos os tipos passaram a fazer parte da nossa vida cotidiana. Estamos tão habituados a usá-las que nem sempre nos damos conta da quantidade de lixo que produzimos diariamente.

Em bares e restaurantes, a quantidade de resíduos gerados pelo uso de embalagens plásticas é ainda mais expressiva. Embalagens de alimentos, embalagens para delivery, garrafas PET, entre outras, não demoram a encher as lixeiras destinadas à coleta de plástico nesses tipos de estabelecimento.

Reduzir a quantidade de resíduos plásticos é um compromisso que os gestores devem abraçar se quiserem adotar uma postura ética. Mas, será realmente possível reduzir expressivamente o uso de embalagens plásticas em estabelecimentos como bares e restaurantes?

A resposta para essa pergunta é que não só é possível como pode ser muito mais simples do que parece! Com mudanças pequenas, qualquer estabelecimento comercial pode diminuir a geração de resíduos plásticos.

Neste texto, trazemos algumas ideias para gestores de bares e restaurantes aplicarem em seus negócios com facilidade. Confira!

Não distribua sacolas plásticas aos seus clientes

Diversos países, como Alemanha, Ruanda e Irlanda, já baniram completamente ou proibiram a distribuição gratuita de sacolas plásticas a clientes de estabelecimentos comerciais.

As sacolas plásticas são um grande inimigo do meio ambiente. A estimativa é de que sejam utilizadas 1,5 bilhão de sacolas plásticas diariamente em todo o mundo. Considerando que somente uma pequena parcela desse montante é reciclada, já dá para ter uma ideia do impacto ambiental gerado por esse material.

Os problemas resultantes do uso de sacolinhas plásticas são incompatíveis com a facilidade e a viabilidade da sua substituição. Para evitar a geração desse tipo de resíduo pelo seu estabelecimento, basta deixar de distribuí-las. Como alternativa, incentive o uso de sacolas reutilizáveis e tenha à mão sacolas de papel para venda em casos nos quais o cliente não tiver uma sacola disponível.

Incentive os clientes a utilizar marmitas térmicas próprias

Para restaurantes que comercializam refeições para consumo fora do estabelecimento comercial, uma forma de reduzir o uso de embalagens plásticas é incentivando os clientes a usar marmitas térmicas reutilizáveis. Dessa forma, o restaurante pode evitar o uso de vasilhas de plástico descartáveis, bem como de marmitas de isopor ou alumínio.

A economia obtida com a redução do custo referente à compra de embalagens pode ser repassada aos clientes que utilizarem suas marmitas térmicas. Outra forma de incentivar o uso de materiais reutilizáveis é cobrando um valor extra pelo uso de embalagens plásticas cedidas pelo restaurante.

Substitua garrafas PET por garrafas de vidro

Para a comercialização de sucos e refrigerantes, prefira utilizar garrafas retornáveis, como as de refrigerante em vidro. Além de oferecerem uma margem de lucro maior ao estabelecimento, elas evitam o descarte de uma grande quantidade de garrafas PET diariamente. Com isso, seu estabelecimento comercial evita a geração de mais esse resíduo plástico.

Não ofereça canudinhos aos clientes

Os canudinhos plásticos representam um grande problema para o meio ambiente. Por serem fabricados em um material bastante leve, eles são facilmente perdidos antes de chegarem aos aterros sanitários e usinas de reciclagem. Na natureza, esse item pequenino pode poluir rios e nascentes, ser confundido com alimento por animais silvestres e ainda chegar ao fundo dos oceanos.

Uma forma de diminuir o uso de canudinhos é não os deixando à disposição dos clientes. Os canudos podem ser substituídos por copos de vidro. Nos casos em que o cliente fizer questão de usá-los, é possível oferecer canudinhos de papel, que são menos prejudiciais ao ecossistema.

Invista em uma boa coleta de resíduos

Para que os esforços com a redução do uso de embalagens plásticas tenham resultados efetivos para o meio ambiente, é preciso trabalhar em parceria com um serviço de coleta e destinação de resíduos eficiente.

Esse cuidado com a etapa final da gestão de resíduos é importante porque uma das grandes ameaças do plástico ocorre quando esse material não é destinado corretamente. Solto na natureza, o destino do plástico é ser despejado na rede hidrográfica. Nela, por um processo de desgaste natural, ele libera partículas — entre as quais está o microplástico — que são responsáveis por causar diversos danos a animais e seres humanos.

Como é possível observar, com mudanças simples, torna-se viável obter uma significativa redução na utilização de embalagens plásticas. O uso excessivo desse tipo de material é um hábito que pode e deve ser mudado. Felizmente, cada vez mais pessoas estão se tornando conscientes da necessidade dessas mudanças, de modo que a postura ética do seu bar ou restaurante trabalhar pode atrair ainda mais clientes.

Esperamos que este post tenha sido útil para você. Aproveite que está por aqui, assine nossa newsletter e receba outros conteúdos como este diretamente no seu e-mail!

1
Olá!
Como posso ajudar?
Powered by