Comumente, o lixo produzido por bares e restaurante é composto por materiais recicláveis — como embalagens plásticas, garrafas de vidro e copos descartáveis — e por materiais orgânicos — como restos de comida.
Ao avaliar as características dos produtos descartados e buscar formas de diminuir a produção de lixo, é possível tornar as atividades desenvolvidas pelo seu estabelecimento economicamente mais viáveis e sustentáveis.

Pensando nisso, neste texto vamos mostrar quais medidas podem ser tomadas para ajudar a diminuir a produção de lixo no seu bar ou restaurante. Siga com a leitura e descubra como é possível aumentar os lucros protegendo o meio ambiente!

Invista tempo no treinamento dos funcionários

Para que a redução da produção de lixo tenha sucesso, é imprescindível engajar todas as pessoas envolvidas nas atividades geradoras de resíduos. Portanto, desde os cozinheiros até o pessoal responsável pela limpeza, todos devem ter em mente o propósito do estabelecimento de diminuir a quantidade de produtos descartados e compreender o impacto ambiental e econômico desse cuidado.

Ao providenciar treinamento e envolver todo o conjunto de funcionário, torna-se possível obter resultados até mesmo em outras formas de economia importantes para o desenvolvimento sustentável do negócio, como redução dos gastos com energia elétrica e com uso de água.

Investigue a composição do lixo do seu bar ou restaurante

Em meio a tantas outras atividades do dia a dia, é normal que gestores e funcionários acabem deixando de analisar a composição do lixo que está sendo descartado. Porém, despender um tempo para fazer essa análise é o primeiro passo para realizar um diagnóstico do que está sendo desperdiçado no restaurante.

Ao verificar os restos de comida, por exemplo, é possível repensar o cardápio e as porções servidas aos clientes, evitando o desperdício e diminuindo os gastos com compras de alimentos. Como a análise do lixo deve ser uma prática constante, o ideal é treinar alguns funcionários para inserirem essa tarefa em suas rotinas de trabalho. Esses colaboradores podem gerar relatórios que servirão de base para a tomada de decisão dos líderes no que diz respeito à gestão do estabelecimento.

Adeque o estoque às reais necessidades do estabelecimento

A partir da análise do lixo, é possível identificar as reais necessidades do restaurante e evitar a compra de produtos e alimentos em demasia. O ideal é que o estoque mantenha somente a quantidade indispensável desses itens.

Mesmo alimentos não perecíveis — como arroz, farinha, etc. — devem ser mantidos apenas na parcela adequada para serem utilizados por um período determinado. Esse tempo deve ser de, no máximo, um mês.

Essa prática é relevante porque, ao reduzir a quantidade de produtos, torna-se mais fácil gerenciar o estoque e tomar medidas — fazer alterações no cardápio, por exemplo —, visando evitar que alguns alimentos vençam e sejam descartados.

Com um estoque enxuto porém completo, é possível evitar o desperdício na hora das compras, diminuir as perdas e otimizar o uso da área da despensa.

Faça alterações no cardápio quando necessário

Ao observar os tipos de alimentos que sobram no prato dos clientes e nos réchauds, é possível adequar o cardápio para evitar desperdícios. Para restaurantes à la carte, uma forma de fazer isso é reduzindo o tamanho das porções servidas aos clientes. Já os restaurantes self-service podem deixar uma quantidade menor de comida nos réchauds em horários de menor movimento, de modo a evitar o descarte de alimentos que não são consumidos.

No caso de bares, vale a pena conferir se há desperdício nas porções servidas aos frequentadores. Caso este seja o caso, é possível reduzir as porções e, até mesmo, mudar o recipiente no qual elas são servidas, para que o cliente não tenha a sensação de que a quantidade é insuficiente.

Então, essas são algumas dicas de como diminuir a produção de lixo em bares e restaurantes. Para os rejeitos que não podem ser reduzidos, vale a pena procurar por opções de reciclagem, que evitam o descarte desses materiais em aterros sanitários e são uma alternativa mais sustentável. Para providenciar a reciclagem dos resíduos produzidos pelo seu bar ou restaurante, é preciso buscar por parceiros que atuem com soluções para o descarte adequado deles, como a Translix.

Além da possibilidade de reciclar os resíduos produzidos pelo seu estabelecimento, a Translix também trabalha com a compostagem de lixo orgânico, que é uma ótima solução para bares e restaurantes que costumam descartar resíduos como restos de comida em grande quantidade.

Para saber mais sobre como tornar o seu bar ou restaurante uma empresa sustentável, assine nossa newsletter e receba dicas e atualizações diretamente no seu e-mail!

 

1
Olá!
Como posso ajudar?
Powered by